BLOCKCHAIN – PROMOVENDO DISRUPÇÃO EM DIVERSOS NEGÓCIOS

  • Home
  • /
  • Novidades
  • /
  • BLOCKCHAIN – PROMOVENDO DISRUPÇÃO EM DIVERSOS NEGÓCIOS
Publicado em

Venho pesquisando e estudando o assunto Blockchain já algum tempo. Para mim está claro que o mais importante é pensar no potencial disruptivo que ele oferece, que se concentrar na tecnologia em si. Blockchain não é um produto que você simplesmente liga e ele começa a funcionar. Seu potencial está no que ele pode oferecer para que novos e inovadores produtos e serviços sejam construídos. Hoje já exploramos o potencial dos apps e das inúmeras inovações possibilitadas por eles, sem nos preocuparmos com a complexidade do que é necessário para um app funcionar no seu smartphone. A mesma coisa vale para Blockchain. Os meandros e desafios de navegar na sua tecnologia, ainda incipiente, é uma tarefa para os desenvolvedores, mas os CEOs e CIOs devem se concentrar nas possibilidades potenciais que o Blockchain pode gerar.

Já escrevi cinco artigos sobre o assunto, que podem ser lidos a partir daqui e que eventualmente ajudarão a formar um quadro mais completo. Nestes últimos meses, as inúmeras conversas que tive com executivos, sejam CIOs e de C-level de negócios, me passou a percepção que já existe, entre alguns deles, um consenso que Blockchain pode promover uma profunda disrupção em vários negócios e não apenas nas instituições financeiras.

Para perceber seu potencial, é preciso compreender seus conceitos, filosofia e princípios. Não se prenda às restrições atuais. É como aprender a dirigir um carro. Depois que você aprende (no caso, entende os princípios de Blockchain), você deixa de ter limites de até onde poderá ir.

Blockchain nos fornece uma nova maneira de estabelecer confiança entre transações no mundo digital, uma vez que, com ele, é possível assegurar que alguma coisa é a cópia original de algo na Internet.  Uma vez que a informação é gravada em um Blockchain é impossível voltar e mudá-la retroativamente. Ao registrar as transações como uma atividade automatizada confiável entre os pares em uma rede, Blockchain tem potencial para simplificar e acelerar os processos de negócios, reduzindo ou eliminando intermediários como autoridades centralizadas. É um novo pensar, que rompe com os paradigmas atuais que demandaram a criação e negócios como tabeliões, bancos e entidades certificadoras. Desafia muitos dos atuais modelos de negócio.

Don Tapscott e seu filho, Alex Tapscott, autores do livro “Blockchain Revolution: How the Technology Behind Bitcoin Is Changing Money, Business, And the World“, afirmam que o Blockchain representa a próxima geração da internet, com “potencial para transformar dinheiro, negócios, governo e sociedade”. Segundo eles, e concordo plenamente, Blockchain é descrito como “o primeiro meio digital nativo para troca de valores peer-to-peer.  Seu protocolo estabelece as regras que garantem a integridade dos dados negociados entre bilhões de dispositivos, sem a necessidade de passar por um terceiro confiável que ateste a autenticidade das transações. A confiança é embutida na plataforma.”.

Inovações disruptivas podem provocar mudanças revolucionárias não apenas em modelos de negócios, mas na própria maneira da sociedade se organizar. A invenção da máquina a vapor permitiu a criação de ferrovias e acelerou de forma substancial a revolução industrial. Cada revolução tecnológica nos traz um novo conjunto de princípios de senso comum, que muda como os negócios e a sociedade anteriormente operavam. A sociedade industrial criou as fábricas, a economia de escala e integração vertical, a produção em massa e a padronização de produtos. Nos trouxe a especialização (que se propagou pelo ensino, aprendizado e profissões), e também as hierarquias piramidais e a burocracia. Estamos hoje na quarta revolução industrial e vemos cada vez mais a sociedade operando em rede.

Para ler o artigo na íntegra clique aqui!

Autor: Cezar Taurion é CEO da Litteris Consulting, autor de seis livros sobre Open Source, Inovação, Cloud Computing e Big Data

Fonte: http://cio.com.br/